segunda-feira, 15 de abril de 2013

The Mentalist - Challenge Accepted!



The Mentalist já carrega no nome uma referência ao personagem principal: O mentalista, Patrick Jane. Antes um vidente famoso e charlatão, agora consultor da CBI, uma Agência de Investigação da Califórnia. E não aparece por lá a troco de nada. A CBI tem grandes interesses em seu talento especial enquanto Jane busca vingança e justiça.



Tudo começa quando Jane vê sua vida perder o rumo. Ao zombar um famoso assassino em série na TV (Red John), Jane se vê vítima da marca registrada do assassino. Um sorriso desenhado a sangue na parede de seu quarto. Sangue de quem? Da sua esposa e filha. Patrick, então, aparece na CBI com rumo e objetivo de vida muito bem esclarecido: encontrar Red John.

É com esse currículo que Jane começa a trabalhar numa equipe da CBI liderada por Teresa Lisbon, que, apesar de sempre se irritar, confia em Jane. O grupo também conta com o sério Kimball Cho, Wayne Rigsby o ( que pra mim parece o Johnny Bravo) e a novata e apaixonante Grace Van Pelt. Assim, Jane surge como uma ‘figura que faltava”, usando sua capacidade de intuição, observações detalhistas, e hipnose para ajudar a equipe de investigação a fechar os casos e fazer surgir o assassino da vez. É através desses seus métodos que Patrick coloca sua equipe em apuros, principalmente quando se trata de Red John.

A série, que ao nascer de 2013 se encontra na 5° temporada, se inicia com episódios sobre casos aleatórios e sem sequência dos fatos, mas já na terceira temporada é imprescindível assistir os episódios em sequência, revelando cada vez mais detalhes da vida de cada um dos personagens em questão, ganhando então o gosto de “quero mais”. 

The Mentalist cresce em número de fãs, casos resolvidos, competência e qualidade. E uma intrigante busca te convida a conhecer e acompanhar, questionando, criticando, avaliando ou simplesmente seguindo as estratégias de Jane para desvendar os casos. Cada episódio é uma nova aventura que te desafia a ir além. E você, aceita este desafio?

Escrito por: Lídia Costa.