domingo, 28 de outubro de 2012

Contando os trocados


Então é isso, a eleição acabou, não tem mais especulação, deu 25 pra Salvador. Algo não me cheira bem.

É triste reconhecer que o governador (que teoricamente representa o extremo oposto da política de ACM Neto) funcionou bastante como Cabo Eleitoral do DEM. A política intransigente de JW fez o preço eleitoral subir muito para o fraco PT soteropolitano, e então, aconteceu o esperado.

A estratégia de Pelegrino se mostrou desgastada, assim como ele mesmo como candidato. O PT que se vale tanto de "artícules" de campanha, deixou Salvador a ver navios, embasbacada com uma campanha personalista e que mais se parecia com revista de fofocas. Faltou mesmo alguém pra dizer que ser candidato é MUITO diferente de ser eleito e parece que para alguns trabalhadores petistas, é tudo a mesma coisa. Entendo ainda que ser eleito é uma segunda etapa no plano eleitoral e acho mesmo que nesse segundo turno, perdemos um bom eleito por ele e sua equipe não entenderem que ainda se tratava de um candidato. Moral da história: Os bois atropelaram os carros.

Capa do filme:
Crise é o nosso negócio.
Agora vamos esperar que o grampinho faça um bom trabalho, que jeito, né? Pelas especulações, ele deve trabalhar bastante, refazer a imagem de Messias da política baiana, firmar alianças com as antigas bases e assegurar a longo prazo bons dividendos para todos, e esse "todos" o leitor inteligente sabe quem é. E para a população comum? O povo?! O "povo" que NÂO votou no 25?! Para essa galera resta... Esperar o carro virar e ver se sobra algum trocado.

Trabalhar também é bom, assim dependeremos cada vez + de nós mesmos, e cá pra nós, vamos precisar muito do nosso próprio trabalho nos anos que se seguem.

Agora é hora de recolherem os mastros, contar os trocados e voltar a trabalhar.

quinta-feira, 25 de outubro de 2012

Em defesa dos homens bons.


Tenho visto recentemente muita coisa escrita ao redor do assunto: “Homens! Valorizem suas mulheres.”, ou então “Enxergue o brilho que a mulher ao seu lado pode te trazer!” e coisas parecidas. Quero deixar bem claro que concordo plenamente com esse apelo, acho justo e necessário, mas com a proliferação de “Suellen’s” da vida eu me sinto na necessidade de fazer esse manifesto, porém, a favor do gênero oposto.

Tenho alguns conhecidos cafajestes, tenho mesmo. Algumas vezes perguntei para eles o motivo desse comportamento e ele me sempre respondem algo do tipo: “É mais seguro! Assim, se ele me passar a perna eu saio no lucro e inclusive eu vou merecer, então não terei traumas nem sofrimentos ao fim da história” Claro que se trata de uma desculpa sem cabimento, até por que por essa lógica todos nós sairíamos por ai a cometer crimes, visto que se um dia fossemos assaltados, já teríamos assaltado alguém etc.  Então, essa teoria do possível mérito futuro é bem furada.

No entanto faço um apelo ao público feminino que também para que não apoiem essa causa cafajeste. Se um dia você mulher encontrar um cara legal, gente boa, acredite, ele é de verdade. Tão de verdade que ele tem sentimentos, valores e merece respeito. Ah! Muito provavelmente ele não é besta, ele só é compreensivo mesmo e está disposto a te ajudar.


Aviso importante, aceite os jogos de futebol que ele gosta de ver, ou até mesmo o RPG se for o caso, bem como ele vai aceitar as suas particularidades, tentem entrar em acordo e não em guerras. Não se esqueça que juntos vocês fazem parte da vida um do outro, mas não são a vida um do outro.

Então moças mulheres, como vocês dizem, homem direito está difícil, logo, ao encontrar um cuide bem dele por que ele vai cuidar de você, ele é um homem bom. E não se esqueça: Não desconte nele decepções amorosas no passado, mas sim projete nele uma longa vida no futuro.