sábado, 11 de agosto de 2012

Primeiros termos: Pretty Little Liars

Bom, sei que esse texto de primeiras impressões está vindo com uns 2 anos de atraso, mas ainda assim vale a pena, certo? Então, vamos ver o que temos sobre essa série ainda mais teen do que nunca.

A trama se passa em Rosewood, uma cidade do interior dos EUA. Bem diferente das cidades interioranas do nordeste brasileiro etc. Uma cidadezinha onde todos se conhecem e que por isso, manter segredos é um artigo de luxo, certo? Errado, no caso das 4 personagens físicas e uma outra que é fictícia ou psicológica. Lucy Hale interpreta Aria Montgomery, Shay Mitchell  vem como Emily Fields, Ashley Benson como Hanna Marin, Troian Bellisario como Spencer Hastings e Sasha Pieterse como Alison DiLaurentis (o quinto elemento onisciente que por hora aparece através de mensagens escritas ou não). Tudo gira em torno do desaparecimento misterioso de Alison, garota de caráter duvidoso, mas que guarda segredos de todas as outras garotas. Segunda a própria Alison na primeira cena da série são os seus segredos que as mantém unidas. Veja só!

As cores da série abraçam a idéia do gótico, algo dominante em alguns círculos adolescente, principalmente nos EUA. Esse tema fica ainda mais evidente quando temos os flashbacks, onde Aria aparece com cabelos escuros e mechas rosa. Essa escolha não deve ser por acaso. Isso da um eterno clima de halloween a trama, contribuindo para o tom de mistério juvenil.

Mas, que mistério é esse? A resposta para essa pergunta é a outra pergunta: O que aconteceu com Alison, a detentora de nossos segredos, novos e velhos? Novos sim, por que mesmo depois de desaparecida Alison parece observar os pecados cometidos pelas amigas, impressão reforçada com as mensagens assinadas por uma misteriosa “A”. Seria esse remetente misterioso a nossa “miguxa” desaparecida?           

Essa é a pergunta da série Pretty Little Liars.