segunda-feira, 18 de julho de 2011

A Família & O Jovem que temos.PT 2

Pensar que os jovens de hoje são as crianças de ontem e serão os adultos de amanhã, parece ser algo lógico, no entanto traz consigo uma preciosa reflexão. Os seres humanos são produtos sociais que combinam na sua história complexas informações e vivências, as quais lhes permitem ser o que são, mas, alguém já parou pra pensar que os jovens de hoje são produtos das famílias de hoje? Dessa forma, se um jovem é desequilibrado, certamente sua família também é desequilibrada. Os pais devem se policiar bastante para não caírem no erro de não ensinar e desejarem que os filhos mostrem aprendizado, cometendo o mesmo erro do semeador que não semeia e espera boa colheita. O processo educacional necessita (como em todos os processos) de um investimento com qualidade proporcional a expectativa do resultado, porém, se falando em educação o investimento é mais do que necessário. É vital.

São comuns os momentos turbulentos entre educadores e educandos, e parte considerável desses momentos (talvez todos eles) são desencadeados pela diferença composta pela expectativa e pelo resultado do comportamento dos filhos. Mais profundamente, nós temos desenhadas as tristes situações: Quando o comportamento dos filhos se mostra negativo, a culpa é dos filhos. Quando o comportamento dos filhos se mostra positivo, a culpa é dos pais. A primeira situação costuma vir acompanhada de uma punição, e a segunda situação costuma vir acompanhada de uma indescritível sensação de dever cumprido restrita aos pais. Perceba que somente na primeira situação existe uma interação entre as duas partes, tristemente, essa interação é proporcionada pelo aspecto punitivo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário